segunda-feira, 14 de abril de 2014

Técnico evangélico conquista campeonato paulista 2014

Doriva 

JOÃO CRUZUÉ

Não sou apreciador de futebol por causa da violência e da corrupção. Mas aprecio alguma coisa boa que de vez em quando acontece por lá. Hoje, foi um destes dias em que vi e gostei do que vi. Um moço humilde sendo honrado pela grande conquista que vez. A vitória de um time pequeno sobre o Santos de Pelé e Neymar.

Vi no Fantástico uma parte entrevista com o técnico Doriva, depois da conquista do Campeonato Paulista. Ele estava honrando e glorificando o nome do Senhor Jesus, agradecendo  pela espetacular vitória e dando testemunho público de sua fé.

Segundo o Globo Esporte, Doriva é evangélico e não fala palavrões. Nem  durante o jogo nem nas entrevistas. Isto é uma exceção neste meio cuja boca dos técnicos não fala três palavras sem um palavrão no meio.

Não consegui achar em minhas pesquisas o testemunho da conversão de Doriva, provavelmente, deve ter sido por causa de sua luta contra uma doença do coração.



No final do jogo, os jogadores viraram um balde de bebida isotônica sobre a cabeça do técnico. Na camisa deles pode ser visto muitas frases de exaltação ao Senhor. É controverso? É! Mais o que importa é que o nome do Senhor seja glorificado. E um dia, todo joelho se dobrará e honrará o nome do Senhor.

Doriva, um técnico crente, campeão paulista de 2014 à frente do Ituano.







Nenhum comentário: