terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Imagens do Big Brother 12 - O troco do chute na Santa

.

João Cruzué

O que a TV Globo semeou em 12 de outubro de 1995 com o chute na santa, acabou de colher um prejuízo social ainda desconhecido, com a divulgação de imagens com evidências de um provável estupro, geradas pelas câmaras do próprio "bbb12".



Não vou postar o vídeo com tais evidências, televisionadas de sábado para domingo pelas câmaras da própria Globo, amplamente denunciadas no YouTube. O Bispo Macedo, a esta hora, deve estar lavando a alma, pois a TV Record está explorando o assunto ao máximo, sob a âncora de Percival de Souza.

O vídeo do chute na Santa durou pouco mais de um minuto. As imagens completas do suposto estupro, segundo uma fonte da Rede TV, têm 25 minutos.

A tradição Global de envenenar a família brasileira com porcarias sofreu um dura rasteira. Audiência a qualquer preço. Testança regada por muita bebida alcoólica. Estava preparado um ambiente liberal para a banalização do sexo. Não duvido que a pressão por audiência deva ter estimulado a polêmica com abaixamento do nível da podridão. Extrapolou as expectativas as piores expectativas. Pedro Bial, quem diria... ancorando o programa mais obsceno - o lixão da TV Globo.

Amor e sexo são coisas sublimes e abençoadas por Deus para o tempo e lugares certos: Dentro de um lar constituído por um casamento formal. A banalização do sexo pelo sexo é o fim da picada. O sublime substituído pelo vulgar e animalesco.

E dizem que isto é o fino da modernidade! Que modernidade?

Está faltando Deus na programação da Globo. E não me venham com conversa de Festival Gospel. Não foi o Santo que invadiu a Globo, foi o mundo que banalizou o Gospel.

É bom lembrar, aos que gostam que ver coisa imunda nos reality Shows, que o Salmista escreveu um senhor conselho no
Salmo 101:3. "Não porei coisa má diante dos olhos."

Deus é bom.



.



Um comentário:

Ailton Silva disse...

OH! Glória a Jesus. O Rei dos Reis. o Único e Eterno