quarta-feira, 17 de junho de 2009

História dos Blogs



Por João Cruzué

O primeiro
Weblog da história da Web, http://info.cern.ch/, foi criado por Tim Berners Lee no Laboratório do CERN em 1992.” Sua página foi afortunadamente conservada pelo consórcio administrador da Rede Mundial de Computadores.

O termo “Blog” que conhecemos hoje é uma contração de “Weblog”, a termilogia usada pelos criadores da Internet (Web3). Entre 1993 e 1996 o grande Blog acessado pela comunidade mundial de desenvolvedores chamava-se What’s New. Publicado pelo Netscape, o famoso browser dos pioneiros, que depois foi desbancado pelo Internet Explorer de Bill Gates.

A partir de fevereiro de 1996, surgiram os primeiros blogueiros plugados nas novidades que estavam por vir, nas 24 horas que a Internet se abriu para o mundo. A partir daí, ela explodiu e os Blogs seguiram seu rastro. Ainda não se sabe quando o primeiro blog evangélico foi publicado.

Em 1º de abril de 2004, o Google disponibilizou o Gmail sua plataforma de Webmail. Quem tinha feio o cadastro para a lista de espera, como eu, foi surpreendido com uma comunicação da disponibilidade do serviço. Em 14 de abril de 2005 o Gmail ganhou uma versão em português. Em seguida, quem já possuia um blog no Blogger pode reunir todos os blogs que possuisse no mesmo endereço do Gmail.

João Cruzué, owner do Blog Olhar Cristão, começou em 2004 com o Bderek, depois em 2005 com o OC no endereço "http://cruzue.blogspot.com", trocado mais tarde pelo pelo endereço atual. Pela mesma época também iniciavam Walmir Milomen com o E, Agora Como Viveremos?, e Eliseu Antonio Gomes. Da conversa entre os irmãos: Pb. Valmir Milomem, Pr. Altair Germano e Pr. Esdras Bentho nasceu a UBE - UBE - União de Blogueiros Evangélicos

A primeira comunidade agregadora de blogs que conhecemos foi a Blogosfera Cristã de Poliane Latta, da qual fazemos parte. Mas a explosão de blogs evangélicos se deu pela visão da União de Blogueiros Evangélicos que procurou fomentar a criação de blogs entre lideranças evangélicas a partir de 2007. De 1300 blogs afiliados em dezembro de 2008 a UBE saltou para mais de 3.500 em maio de 2009. Cada liderança evangélica, um blog. Depois veio a Comunidade dos Blogueiros Cristãos CNBC do designer Lucas Junior apostando em tecnologia.

Você pode ler o texto integral em Curso de Blogs.

.

sábado, 13 de junho de 2009

CGADB - Denúncias do Pr. Samuel Câmara na Rede TV

.
João Cruzué

Conforme anunciado há dias, o Pr. Samuel Câmara, cabeça de chapa da oposição, que perdeu as eleições da 37ª Assembléia Ordinária da CGADB - Convenção Geral das Igrejas Assembléias de Deus, usou seu programa deste sábado na Rede TV, para tornar público suas denúncias julgadas improcedentes (segundo ele) contra a administração da última Mesa Diretora.

Ele iniciou o programa comentando dos anos anteriores a 1988, quando o braço político das Igrejas Evangélicas Assembleias de Deus, a CGADB, seguia o costume do revezamento em sua liderança. O que foi abandonado e trouxe prejuízo, não para a Igreja Assembléia de Deus, mas para a Convenção - segundo o Pastor.

O Pastor Samuel exibiu na Rede TV um documento, provavelmente, o ofício com as denúncias formalizadas à Mesa diretora responsável pelo julgamento dos pedidos de impugnações. Sobre o ofício ele pontuou uma lista de números e valores de mais de 170 cheques sem fundos, assinados pela diretoria e tesouraria da CGADB. No mesmo documento apontou dívidas para com o INSS. Falou em apropriação indébita. Valores retidos sem a devida transferência ao Instituto Nacional de Seguro Social. Também citou dívidas com a CEF - Caixa Econômica Federal, provavelmente de FGTS - Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Ainda relatou a inscrição da CGADB no SERASA, certamente por não honrar compromissos financeiros.

O pastor Câmara também deixou implícito que estava tornando público as denúncias, pois seu recurso à impugnação das Eleições da 37ª Convenção Geral não foi aceito, porque, segundo ele, o candidato da situação - Pr. José Wellington Bezerra da Costa, era também o presidente da mesa que julgava os recursos. Disse que foi levado a fazer a denúncia publicamente porque em seu ponto de vista, estava sendo transparente e não era nenhuma vergonha apontar os "equívocos" praticados pela Mesa anterior - que não continuava com uma atitude de quem não tinha nada do que se envergonhar. Por não ter pedido perdão pelos erros. Concluiu fazendo referências a julgamento com dois pesos. Que com o mesmo peso que se julga os membros da igreja também se deve pesar suas lideranças.

COMENTÁRIOS: Se as denúncias do pastor são verdadeiras, não se pode escondê-las debaixo do tapete. Nem classificá-las como choro de perdedor. É preciso transparência. Este assunto , depois da denúncia pública, não está mais restrito à esfera da Convenção. Os membros da Assembleia de Deus não sabem o que houve em Vitória. O Brasil inteiro ficou sabendo da versão do Pastor Câmara. E por Brasil leia-se: de ateus a crentes; de autoridades públicas do INSS ao FGTS; de juízes a políticos. Ministério Público.

A versão que o pastor passou para a opinião pública, insinua que todos os líderes das Assembléias de Deus são suspeitos de sonegação e má cidadania.
A Igreja ficou exposta. Dos recursos de impugnação da eleição, a denúncia do pastor revela uma imagem de que não existe uma instância justa para resolver problemas eleitorais entre irmãos. Daí sua opção para recorrer a última instância, ou seja, a denúncia pública. A farofa no ventilador.

Assuntos desta natureza quando praticados na esfera pública são tratados em processos administrativos, sindicâncias e CPIs. Mesmo pretendendo separar os Atos da CGADB com os da Igreja em si, este discurso do Pr. Câmara não se sustenta, pois perante a opinião pública os mesmos agentes estão ligados tanto à Convenção quanto à Igreja. É assim a visão pública

Em nossa opinião, a idéia de que os membros da Igreja Assembleia de Deus não se importam com o que ocorre nas convenções, que esquecem rápido as denúncias destes assuntos, é uma idéia falsa. Em tempos de mídia digital, um vídeo do Youtube com esta denúncia, é um martelo. Se alguém ainda não sabe, é bom saber: a quantidade de assembleianos que vem trocando a cada ano a própria Igreja principalmente pela Igreja Batista é sempre crescente. Por descontentamento.

Não conheço a administração do Pr. Samuel Câmara no Norte do Brasil. Ele reclama dos 21 anos que a atual Mesa Diretora da CGADB vem se perpetuando no poder. Cobrando a mesma forma de revezamento que ocorria dos anos 30 até 1988. Deve ser porque nas eleições da Convenção do seu estado acontece este revezamento. Eu imagino que deva. Mas se este revezamento real não for verdadeiro lá no Pará, seu argumento e sua denúncia pública são fisiológicos e sua atitude cheira a hipocrisia.



.

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Aniversario 80 anos Anne Frank


A importância de escrever
o que sentimos e pensamos

montagem
João Cruzué

Annelise Marie Frank foi uma vítima do Shoah. Era adolescente nos anos 40, quando as botas nazistas pisaram no pescoço da Europa continental e promovendo um movimento de deportação e extermínio de judeus sem precedentes na história. Se estivesse viva, completaria 80 anos amanhã, 12 de junho de 2009.

Morava em Amsterdã, na Holanda, quando os soldados alemães procuram judeus para deportar para os campos de concentração da Polônia. Anne, e sua família - Margot, a irmã mais velha; Edith Hollander, a mãe e o pai - Otto Heinrich Frank. Juntos com o casal Peter e Dussel Van Daan esconderam-se por dois anos em um sotão chamado anexo secreto. A escritora protestante Cornelia Johanna Arnolda ten Boom ou Corrie Ten Boon mais tarde escreveu um livro "Refúgio Secreto", onde descrevia suas experiências com ocultação de judeus.


Anne tinha um diário, um presente de aniversário, que ela chamava de Kitty, meu gatinho. Tinha 13 anos quando começou a escrevê-lo. Escrevia as coisas simples do seu dia a dia. O que pensava, fazia e sentia. Em 4 de agosto de 1944 a agentes da Gestapo levaram todos para os campos de concetração. Westerbok, Auschwuitz, Bergen-Belsen. O diário de Anne foi entregue ao seu pai, Otto Frank, o único sobrevivente da família. Em 1947 ele decidiu pela publicação do Diário. Era o desejo de Anne. Ela escrevia e registrava tudo, para alguém mais tarde pudesse conhecer a verdade que o tempo costuma apagar.

Em Bergen-Belsen, Alemanha, foi separada da família. Anne morreu de tifo, nove meses depois da deportação. Apenas duas semanas antes da tomada e libertação daquele campo pela 11ª Divisão Armada Britânica. Quando entraram se depararam com a visão do inferno: 60 mil prisioneiros, farrapos humanos e cerca de 30 mil corpos em decomposição espalhados pelo campo. Anne seria um deles. [1]


Anne Frank era uma adolescente de 13 anos quando começou a escrever seu diário. Se na sua época ela tivesse um computador e Internet, esse diário seria um Blog. Que importância teriam as anotações do diário de uma simples adolescente? Não existiam na sua época os livros de escritores endeusados de todas as épocas? Aqui cabe um comentário: Anne tinha um projeto: escrever um diário para contar o testemunho de seu cotidiano. Ela queria que todo mundo soubesse. Um sonho de adolescente. Hoje, depois da Bíblia é um dos livros mais lidos do mundo. Também Foi produzido um filme sobre o diário de Anne Frank.

Quando Eleanor Roosevelt esteve presente na apresentação do Livro
"The Diary of Anne Frank" disse: "

"Um dos maiores e mais sábios comentários da guerra
e seu impacto no ser humano que eu jamais lí"

O escritor soviético IIlya Ehrenburg disse:

"Uma voz que fala por seis milhões;
voz não de um sábio nem de um poeta, mas de uma menininha comum.

Este artigo teve a Wikipedia como fonte de pesquisa. Achei que seria uma boa ocasião para lembrar da maior conquista da humanidade: a escrita. Sem ela não haveriam livros, nem escolas nem Internet, nem História.

Que o testemunho de Annelise Marie Frank seja mais um motivo para inspirar o nosso trabalho de produção de conteúdo cristão. Eu não poderia deixar passar esta data em branco.


Fotos do Holocausto

terça-feira, 2 de junho de 2009

Tragédia: A330 da Air France cai no Oceano Atlântico com 228 pessoas a bordo

Aeronave Airbus A330-200 da Air france

Tel. Air France - Brasil: 0800-8812020; Paris: 00 xx 33 15 70 21 0 55

João Cruzué

Um avião Airbus A330-200 da Air France desapareceu no Oceno Atlântico hoje pela madrugada, durante um voo que saiu do aeroporto do Rio de Janeiro, às 19:03h, com destino ao Aeroporto Charles De Gaule em Paris, onde deveria pousar às 06:20h.

O voo AF447 levava 228 passageiros (216 passageiros e 12 tripulantes) e seu último contato aconteceu às 22:23h Horário de Brasília. O último alerta automático do voo AF-447 aconteceu às 23:15h, informando perda de pressão na cabine da aeronave e pane elétrica.


Havia mau tempo na região onde o avião transmitiu seu último contato.

O alerta se deu porque era previsto a passagem do Avião às 03:00h pela Ilha do Sal. Como isto não aconteceu, foi emitido um comunicado preocupante. A preocupação das autoridades aeroportuárias aumentou ainda mais, porque o pouso que deveria acontecer pela manhã em Paris também não aconteceu nem houve informação de pouso deste avião em qualquer outro aeroporto.

Havia mau tempo na região de Fernando de Noronha até a costa africana. Especula-se que o comandante da aeronave teria reportado uma forte turbulência e depois um curto-circuito . O Avião simplesmente desapareceu depois disso.

Dentro do círculo interno fica a Ilha do Sal - Arquipélago de Cabo Verde
onde o avião não não teve sua passagem confirmada pelo radar.

Em comunicado emitido pelas autoridades francesas, não repercutido pela Air-France, neste momento, às 08:00h, horário de Brasília, não há mais esperança de encontrar o avião e que o governo francês espera por uma catástrofe.

A FAB - Força Áerea Brasileira já determinou as buscas no Oceano na àrea que vai de Fernando de Noronha até certa distância da Ilha do Sal. Segundo o Coronel Henri Munhoz, um Hércules C130 decolou da base militar do Rio de Janeiro e vai se unir a um avião Bandeirantes que partiu da Base de Salvador. Estas aeronaves têm potencial para efetuar buscas por longo período seguindo um padrão de voo circular. A partir do centro da área de buscas em círculos cada vez mais largos. No entanto, a probilidade de se encontrar o avião em águas de 400 milhas de competência brasileira é improvável, pois ele já estaria próximo da área de buscas da Europa.

Fonte: Rádios de São Paulo


Estas 38 pessoas estavam neste voo :

Fonte: Folha Uol.com.br

* Adriana Francisco Sluijs, 40, da área de comunicação corporativa da Petrobras
* Ana Carolina Rodrigues, 28, integrante da ONG Viva Rio
* Andrés Suárez Montes, 38, engenheiro espanhol que trabalhava no Brasil
* Antonio Gueiros, diretor de informática da Michelin
* Bianca Machado Cotta
* Carlos Eduardo Macário de Melo, recém-casado com Bianca
* Christin Pieraerts, funcionária da unidade Paris da Michelin
* Deise Possamai, 34, funcionária da prefeitura de Criciúma
* Erich Heine, presidente da ThyssenKrupp CSA - Companhia Siderúrgica do Atlântico
* Giovanni Batista Lenzi, deputado da Província Autônoma de Trento
* Gustavo Henrique Brito dos Santos, 30, advogado carioca
* Gustavo Peretti, 30, brasileiro, funcionário da petrolífera norueguesa StatoilHydro.
* Harald Maximillian Winner, 44, alemão que iria providenciar documentos para se casar
* Izabela Maria Furtado Kestler, professora de alemão da UFRJ
* Isis, francesa, mulher de José Ronnel Amorim
* João Marques da Silva Filho, 67, gerente de interface do Estaleiro Atlântico Sul
* José Ronnel Amorim, casado com Isis
* Juliana Aquino, 29, cantora, mora na Alemanha e passava férias com a família em Brasília
* Leonardo Veloso Dardengo, 31, oceanógrafo e doutorando da Coppe/UFRJ
* Letícia Chem, 36, gerente de roaming internacional da operadora Oi
* Luigi Zortea, prefeito de Canal San Bovo, em Trento (Itália)
* Luis Cláudio Monlevad, 48, funcionário da empresa de tubulações Saint-Gobain
* Luiz Roberto Anastácio, presidente da Michelin para a América do Sul
* Kristian Berg Andersen, 37, norueguês, também funcionário da petrolífera norueguesa StatoilHydro.
* Marcela Marques Pellizzon, 29, geóloga, funcionária da petrolífera norueguesa StatoilHydro.
* Marcelo Parente, 38, chefe de gabinete do prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB)
* Marcos Mendonça, diretor de manganês da Vale
* Mulher de Marcelo Parente, cujo nome não foi confirmado
* Martin, 29, médico alemão em férias no Brasil
* Nelson Marinho Filho, 40, mecânico de engrenagens
* Octávio Augusto Ceva Antunes, professor do Instituto de Química da UFRJ
* Pablo Dreyfus, 38, argentino integrante da ONG Viva Rio
* príncipe Pedro Luis de Orleans e Bragança, 26, descendente de dom Pedro 2º
* Rino Zandonai, diretor da Associazione Trentini Nel Mondo
* Roberto Corrêa Chem, 66, cirurgião plástico e professor universitário
* Silvio Barbato, ex-diretor artístico da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional
* Valnilzia Betler, 44, casada com um alemão
* Vera Chem, 63, psicóloga, casada com Roberto Chem

.