sábado, 24 de maio de 2008

Marcha para Jesus 2008 em Sao Paulo

l6ª EDIÇÃO DA MARCHA PARA JESUS EM SÃO PAULO

Photobucket

Photobucket

João Cruzué

Dois megaeventos liderados pela Igreja Evangélica tiveram lugar na Capital Paulista no feriado de Corpus Cristi em 22 de maio de 2008: O Dia da Decisão, evento organizado pela Igreja Internacional da Graça para o período das 8:00 da manhã até às 13:00h, unindo-se à 16ª Marcha para Jesus liderada pela Igreja Renascer em Cristo, com o apoio das Igrejas: Internacional da Graça, Comunidade da Graça, Bola de Neve, Batista, Presbiteriana, Quadrangular, Deus é Amor e Assembléia de Deus entre muitas outras.

Era esperado a participação de 4 milhões de pessoas e 600 caravanas de evangélicos vindas dos Rio de Janeiro, Santa Catarina; com base no mar de gente que se estendeu do Vale do Anhangabaú até depois da Praça Campo de Bagatelle, em determinado momento a Polícia Militar calculou uma participação de 1,2 milhão de participantes. Os organizadores do evento fazendo o cálculo das pessoas que participaram ao longo do dia estimaram uma participação de 5 milhões de pessoas. A Marcha para Jesus anterior, realizada em 07 de junho de 2007, contou com uma participação de 3 milhões de pessoas. O evento em São Paulo é considerado a maior concentração pública do gênero a céu aberto que se tem conhecimento.

Entre várias autoridades, estiveram também presentes dois à Prefeitura de São Paulo: O Prefeito Gilberto Kassab e Senhora ex-prefeita Marta Suplicy, e o jogador evangélico de futebol, Kaká. Declarando à imprensa o prefeito Kassab afirmou que a partir da próxima edição a Marcha para Jesus deve ser realizada no Autódromo de Interlagos, como já acontece com os eventos do Padre Marcelo. A razão da mudança, segundo o prefeito, reside no fato de que a Capital Paulista não está preparada para eventos de tal magnitude, um complicador a mais para suplício em que se transformou o trânsito na Capital Paulista, cuja causa principal é a falta de investimentos em novas linhas de Metrô desde a década de 90.

João Cruzué

.

Nenhum comentário: